\

Sejam bem vindos. O objetivo deste Blog é informar as pessoas sobre os mais variados assuntos, os quais não se vê com frequência nas mídias convencionais, em especial acerca dos direitos e luta da juventude e dos trabalhadores, inclusive, mas não só, desde o ponto de vista jurídico, já que sou advogado.

sábado, 21 de fevereiro de 2009

CARNAVAL CLASSISTA




Bloco Acorda Peão, do Sindicato dos Metalúrgicos de SJC, traz samba sobre a crise

Bloco do Sindicato leva às ruas samba sobre problemas que afligem os trabalhadores, de forma bem-humorada


FONTE: WWW.CONLUTAS.ORG.BR
 


Com o tema A crise é sem precedentes, em alusão à crise econômica mundial, o bloco Acorda Peão já se prepara para cair no samba e abrir o Carnaval de São José dos Campos pelo 11º ano consecutivo.

De autoria do vice-presidente do Sindicato, Renato Bento Luiz, o Renatão, a letra do samba traz sempre temas atuais que afligem os trabalhadores, de uma forma bem-humorada e crítica.

Neste ano, o foco do samba enredo é a crise econômica, mas também cita a vitória de Barack Obama para a presidência dos Estados Unidos, relembra a luta contra o banco de horas na GM, e termina com as demissões que assombram os trabalhadores.

O Acorda Peão sai na manhã do sábado de Carnaval, dia 21 de fevereiro. “Carnaval é alegria, mas não podemos deixar de falar dos problemas que os trabalhadores estão vivendo. É claro que tudo de uma forma bem humorada pra levar animação pra avenida”, afirma Renatão.

Ensaio e CDs
Os ensaios do bloco Acorda Peão começam na próxima quarta, dia 11, às 19h, e serão realizados no terreno do Sindicato, na rua Francisco Paes, 316. Todos os metalúrgicos e metalúrgicas estão convidados.

Nos próximos dias, a gravação do samba-enredo estará disponível no site do Sindicato.

Além disso, as camisetas do bloco estarão à venda, na sede do Sindicato a partir da próxima semana. Sócio paga R$ 10 e não-sócio, R$ 15.


Confira a letra do samba:

A CRISE É SEM PRECEDENTES
O perigo é iminente, minha gente
Luta por emprego é consequente
Não vou seguir o conselho do presidente
Comprar no shopping eu não vou, não vou, não vou
Venda de carro baixo
Não é historinha, a crise é grande
Não é uma marolinha

A autoestima no negro explodiu
O mundo inteiro aplaudiu
Efeito Barack Obama
Capitão-do-mato vai deixar você na lama

O banco do Império faliu
A Bolsa do mundo caiu
Dinheiro sacado babau
Caiu também a política neoliberal

É Carnaval, na quarta-feira
Tudo volta a ser real
Eu sou peão, já lutei
Banco de Horas quebrei
A verdade é nua e crua
Ou luta agora ou vai pro olho da rua

Nenhum comentário:

Ultimas postagens