\

Sejam bem vindos. O objetivo deste Blog é informar as pessoas sobre os mais variados assuntos, os quais não se vê com frequência nas mídias convencionais, em especial acerca dos direitos e luta da juventude e dos trabalhadores, inclusive, mas não só, desde o ponto de vista jurídico, já que sou advogado.

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

LIXÃO AMEAÇA RIO EM UBERABA


Amigos e amigas

O Codau (Centro Operacional de Água e Esgoto de Uberaba), uma autarquia de água e esgoto do Município de Uberaba, tem se gabado, por meio de propaganda paga na mídia local e por meio de seu site, de ter sido considerado uma das maiores empresas de saneamento do Brasil, pela revista Saneamento Ambiental.

Entretanto, em Uberaba, a realidade ambiental é preocupante, pois além do avanço desordenado da monocultura da cana, há um sério problema com um lixão que, há anos, vem recebendo dejetos de todos os tipos. O referido lixão se encontra localizado na encosta de um rio, que leva o mesmo nome da cidade, e no qual o Codau - leia-se a prefeitura, visto que o Codau é uma autarquia municipal - faz a captação de água para abastecer toda cidade.

O problema é tão sério, que formou-se uma verdadeira montanha de lixo!

Pois bem, por fim a Prefeitura de Uberaba anuncia que vai solucionar este sério problema ambiental, que, ademais, coloca em risco a qualidade da água que todo o povo de Uberaba consumimos.

Entretanto, conforme denúncia do ambientalista Celso Provenzano, mais uma vez nossas autoridades estão dando um show de incompetência, pois para solucionar o problema do lixão, segundo Celso, apenas vão cobrir, isso mesmo, vão cobrir a montanha de lixo com terra!

Pasmem! Anderson Adauto e sua turma (o Codau é presidido por José Luiz, o que é acusado de transporta malas de dinheiro do valérioduto para Anderson), para resolver o problema não vai remover o lixo, mas, apenas, segundo Celso, aterrá-lo!

Vejam as palavras do amigo Celso:

...“o que foi decidido com relação ao processo no lixão é que nossa querida Prefeitura sem laudos técnicos , sem parecer da Comissão do Meio ambiente da Câmara de órgãos como Feam , Igam , Copam ... vai somente jogar terra em cima e pronto .

Celso vai mais longe na mensagem que distribuiu, amplamente em Uberaba, inclusive, para a prefeitura e para o Promotor de Justiça responsável pela proteção do meio ambiente. Vejam o que ele diz: “todos nós estaremos após o aterramento com a consciência limpa. Não existe sequer projetos! Tirando o lixo daquele local aonde vai depositar ? Nos ECO PONTOS ou ECOS LIXOES ? Desta forma estaremos ampliando nos quatro cantos da Cidade os lançamentos dos resíduos orgânicos e inorgânicos .

Precisamos de maquinarios para reciclar os pneus , precisamos de incineradores para eliminar madeiras, precisamos de maquinario para reciclar materiais de construção , precisamos de ter vergonha na cara e colocar de fato a coleta seletiva em pratica . Precisamos orientar e punir empresas de cacambas que despejam impunemente entulhos e lixos degradando o meio ambiente, precisamos de fato do comprometimento da população a relação a lixo orgânico nas caçambas precisamos de um cemitério para os animais . Precisamos de fato sair do muro da HIPOCRISIA e enfrentar este problema de frente . Tudo aqui em Uberaba esta errado e não é por falta de verba pois infelizmente esta verba esta sendo aplicada em locais errados pois resolver problema de lixão não dá votos .

Resolver problemas de minas de água não dá votos

Resolver problemas de esgoto acima da captação não da votos

Resolver problemas ambientais não dá votos .

....

Pois é, essa é a pobre realidade do capitalismo, em Uberaba não seria diferente.

Somente a mobilização popular, inclusive para pressionar órgãos como o Ministério Público, poderá evitar que aconteça o aterramento que Celso denúncia: Um aterramento que enterra o respeito à dignidade e qualidade de vida do povo de Uberaba.

Faço votos que revertamos essa situação.

Adriano Espíndola

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

SERÃO UM DIA PRESOS? - CONDENAÇÃO DOS ASSASSINOS PANTOJA E JOSÉ MARIA É MANTIDA

Amigos e amigas,
Mesmo nas memórias daqueles que não são ativistas por direitos sociais ainda estão vivas as imagens de um dos maiores massacres ocorridos no Brasil contra trabalhadores organizados lutando por seus direitos.
Refiro-me às impressionantes, barbarás e revoltantes cenas, que foram televisionadas, daquele que ficou conhecido como "Masssacre de Carajás", ocorrido há treze anos atrás, em Eldorado dos Carajás (PA).
A impunidade reina no presente caso, pois além do mandante do massacre não ter respondido por qualquer processo, leia-se Sr. Almir Gabriel (PSDB), os processos envolvendo cerca de 150 policiais que promoveram a chacina, ainda se arrastam na Justiça.
Entretanto, o mês de agosto de 2008 fecha com uma importante vitória: o STJ manteve a condenação imposta ao o coronel Mário Colares Pantoja, de 228 anos , e ao major José Maria Pereira de Oliveira, 158 anos e quatro meses de prisão, ainda que ambos estão respondendo o processo e prometem recorrer desta decisão em liberdade.
No capitalismo, mesmono Brasil que tem um governo que um dia se acreditou fosse dos trabalhadores, é assim: Os assassinos de trabalhadores ou ficam impunes ou respondem seus longos em intermináveis processos em liberdade.
Entretanto, regojizo com a manutenção da prisão destes dois canalhas!
Leia mais clicando nos atalhos abaixo (não é virus, podem confiar):

Ultimas postagens