\

Sejam bem vindos. O objetivo deste Blog é informar as pessoas sobre os mais variados assuntos, os quais não se vê com frequência nas mídias convencionais, em especial acerca dos direitos e luta da juventude e dos trabalhadores, inclusive, mas não só, desde o ponto de vista jurídico, já que sou advogado.

sábado, 6 de março de 2010

A corrida louca para a hegemonia americana põe em perigo a vida na Terra

O Washington Times é um jornal que encara com bons olhos as guerras de agressão de Bush/Cheney/Obama/ neoconservadores no Médio Oriente e defende que se obrigue os terroristas a pagar pelo 11/Setembro. Por isso, fiquei admirado ao saber que, em 24 de Fevereiro, a notícia mais apreciada no sítio web do jornal durante os últimos três dias era a reportagem "Explosive News" , do "Inside the Beltway", sobre as 31 conferências de imprensa em cidades dos EUA e no estrangeiro realizadas a 19 de Fevereiro pelos Arquitectos e Engenheiros para a Verdade do 11/Setembro, uma organização de profissionais que já tem 1 000 membros.
E ainda fiquei mais admirado por a reportagem do jornal tratar a conferência de imprensa muito a sério.

Como é que três arranha-céus do World Trade Center se desintegram subitamente em poeira fina? Como é que sólidas vigas de aço em três arranha-céus cedem subitamente em consequência de incêndios de curta duração, isolados e de baixa temperatura? "Mil arquitectos e engenheiros querem saber, e apelam ao Congresso que promova uma nova investigação sobre a destruição das Torres Gémeas e do Edifício 7", noticia o Washington Times.

Leia ao restante do artigo clicando aqui

sexta-feira, 5 de março de 2010

Ainda sobre a visita da Sra. Clinton

 A secretária de Estado norte-americana Hillary Clinton desembarcou no Brasil no dia 2 de março, como parte de seu giro pela América Latina. Nesses dias, ela visita cinco países, em um tour que vai do Uruguai do recém-empossado Pepe Mujica, passando pelo Chile, que ainda sente os efeitos do terremoto; e por Brasil, Costa Rica, e terminando na Guatemala.

Além da pressão para a adoção de sanções contra o Irã, a secretária trouxe na bagagem uma série de temas, que vão das bases na Colômbia ao futuro do Haiti. A visita de Clinton serve para mostrar que, apesar de o centro das atenções dos EUA estar voltado ao Oriente Médio, a América Latina não foi esquecida pelo imperialismo, que não abre mão de periódicas inspeções em sua área de influência.

Leia o restante deste artigo na matéria "Hillary Clinton não veio a passeio" publicada no site do  PSTU , clique aqui

Leia também o post anterior "Perguntas à Sra. Clinton", publicado no blog, clique aqui

quinta-feira, 4 de março de 2010

Perguntas à Sra. Clinton (as quais a imprensa brasileira não teve coragem de fazer)

Afinal, o que a senhora Clinton veio fazer no Brasil?

A senhora Hilary Clinton veio, viu e se omitiu. Se omitiu sobre o Afeganistão, sobre o Iraque e sobre a Palestina.

Cabe menos culpa a ela do que à mídia amestrada.

Nenhuma palavra sobre os mais de dois milhões de iraquianos e afegãos assassinados pelo seu país.

Nenhuma palavra sobre os mais de quarto milhões de iraquianos e afegãos que tiveram que abandonar seus países.

Nenhuma palavra sobre as mais de dois milhões de viúvas.

Nenhuma palavra sobre os seis milhões de crianças órfãs.

Nenhuma palavra sobre os bebês deformados vitimas das bombas de urânio empobrecido.

Nenhuma palavra sobre o Estado terrorista de Israel.

Nenhuma palavra sobre a invasão do Líbano pelo estado terrorista de Israel.

E paro por aqui porque, como já ressaltei, muito pior do que a omissão dela, foi a omissão dessa mídia corrupta e servil que enxovalha a liberdade de imprensa, que não teve a coragem de fazer uma pergunta sequer: se Israel pode ter a bomba atômica, porque os outros países do Oriente Médio não podem ter?

Ultimas postagens