\

Sejam bem vindos. O objetivo deste Blog é informar as pessoas sobre os mais variados assuntos, os quais não se vê com frequência nas mídias convencionais, em especial acerca dos direitos e luta da juventude e dos trabalhadores, inclusive, mas não só, desde o ponto de vista jurídico, já que sou advogado.

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

DIRETO DO FRONT: MANIFESTO DOS REVOLUCIONÁRIOS DO EGITO

Por que continuamos aqui. Por que não fomos para casa:

1 – A Constituição ainda não foi revisada.

2 – O Parlamento ainda não foi dissolvido.

3 – Os saqueadores, agentes e bandidos que assassinaram nossos irmãos na Praça Tahrir e em outras cidades não foram julgados. Permanecem impunes.

4 – Ainda há muita corrupção e existem muitas autoridades corruptas

5 – O governo ainda é o mesmo. E no governo ainda estão muitos corruptos, como os ministros das Comunicações, TV e Rádio; do Trabalho e Imigração; do Petróleo e o ministro da Relações Externas.

6 – Ainda existem presos políticos nas cadeias.

7 – A Lei de Emergência e o toque de recolher ainda estão em vigor.

8 – Ainda não temos liberdade para criar partidos políticos. E a direção corrupta dos partidos atuais permanece intacta.

9 – Ainda não temos o salário mínimo no país.
Sabemos que nos foi prometido que todas as reivindicações seriam atendidas, e que levariam algum tempo para isso. Mas quem nos vai garantir isso?

A única garantia é ficar aqui e nos mantermos firmes até termos nossas reivindicações atendidas e cumpridas.

Temos de fazer isso. Porque aquele que faz uma revolução pela metade está cavando a sua própria cova.

O regime não aceita ouvir, entender ou negociar.
O regime está brincando conosco.
As nossas exigências estão claras agora.

Manifesto distribuído amplamente na terça, 8 de fevereiro de 2011, na Praça Tahrir

Siga a cobertura no www.twitter.com/diretodoEgito, no blog http://umbrasileironoegito.wordpress.com e no site do PSTU

Fonte: site do PSTU

Nenhum comentário:

Ultimas postagens