\

Sejam bem vindos. O objetivo deste Blog é informar as pessoas sobre os mais variados assuntos, os quais não se vê com frequência nas mídias convencionais, em especial acerca dos direitos e luta da juventude e dos trabalhadores, inclusive, mas não só, desde o ponto de vista jurídico, já que sou advogado.

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

SUBLIME MANIPULAÇÃO: exemplos de como ocorre a manipulação pela mídia

O jornalista e escritor GEORGES BOURDOUKAN, fez publicar em seu blog, a mensagem abaixo, a qual transcrevo em sua totalidade, em face de sua importância.

Adriano Espíndola

-=-=-=-=-=-=-=-

Manipulação midiática

Alguns exemplos de verbetes largamente utilizados pela mídia em seu esforço em manipular as palavras:

Ditador – É a denominação que a mídia dá a um presidente eleito democraticamente e age de acordo com a Constituição. Exemplo: Hugo Chaves.

Presidente – É a denominação que a mídia dá a quem aprova leis ditatoriais, invade nações para apossar-se de suas riquezas, assassina mais de um milhão de seres humanos; constrói muros segregacionistas; é contra o Tribunal Penal Internacional e os protocolos de Kioto.Exemplo: George W.Bush.

Incursão: Assim a mídia denomina a invasão de um país.

Tutela – É o sinônimo que a mídia dá à ocupação do Iraque pelos Estados Unidos.

Terrorista – Assim a mídia denomina o revolucionário que luta contra o jugo colonialista.Exemplo: iraquianos, afegãos e palestinos.

Suicida – É a denominação que a mídia dá ao prisioneiro assassinado pelos carrascos estadunidenses nas prisões de Abu-Ghraib e Guantanamo.

Ataques cirúrgicos– Assim a mídia repercute quando um míssil estadunidense erra o alvo e causa a morte de civis. Três exemplos:

1)-O assassinato da filha de cinco anos do presidente líbio Muammar Kadhafi, em 1986;

2)-O abate de um avião civil iraniano com 298 passageiros e tripulantes em 1988. Não houve sobreviventes.

3)- A destruição de uma indústria farmacêutica no Sudão em 1998.

Seqüestro – Se um soldado israelense é capturado quando invade o Líbano ou a Palestina, a mídia diz que foi seqüestro.

Captura – Se um palestino ou libanês são seqüestrados pelas tropas invasoras, a mídia diz que foi captura.

Incidente ou efeito colateral –É quando tropas de Israel ou dos Estados Unidos massacram centenas de civis palestinos, iraquianos e afegãos.

Massacre – É quando palestinos, iraquianos e afegãos matam dois ou três soldados de Israel e Estados Unidos.

Assentamento – É a denominação que a mídia dá à usurpação de terras palestinas por invasores israelenses.

Conflito – Assim a mídia denomina a invasão e ocupação da Palestina por tropas de Israel.

Há muitos outros exemplos, mas hoje fico por aqui.

VISITE O BLOG DO BOURDOUKAN, CLICANDO AQUI

Nenhum comentário:

Ultimas postagens