\

Sejam bem vindos. O objetivo deste Blog é informar as pessoas sobre os mais variados assuntos, os quais não se vê com frequência nas mídias convencionais, em especial acerca dos direitos e luta da juventude e dos trabalhadores, inclusive, mas não só, desde o ponto de vista jurídico, já que sou advogado.

sábado, 7 de fevereiro de 2009

VERGONHA: Crianças passam dificuldades em Uberaba por omissão de Anderson Adauto

Anderson Adauto, político conhecido nacionalmente por seu envolvimento em escândalos de corrupção, prefeito da cidade de Uberaba, interior de Minas Gerais, tem sistematicamente atrasado os repasses dos convênios firmados com as creches do município, submetendo crianças e essas instituições a todo tipo de precariedade. Para se ter uma idéia da gravidade da situação,  somente no último dia 05 (fevereiro de 2009) os repasses que deveriam ter ocorrido em novembro de 2008 foram realizados.

Vale apontar, um outro dado que revela a gravidade das finanças municiapis: somente na segunda metade do mês  de janeiro de 2009 foram pagos os salários dos servidores da prefeitura de Uberaba, referentes ao mês de dezembro de 2008,  pagamento este que sempre ocorreu no 30º dia de cada mês vencido, com o que, a categoria esperava, o pagamento de dezembro, para o dia 30.12.2008.

Tais situações, revelam que a gestão anterior do munícipio, para dizer menos, foi relapsa com o trato das finanças públicas, o que deveria desencadear uma severa investigação por parte da Câmara de Vereadores, principalmente porque a gestão passada era chefiada exatamente pelo mesmo prefeito de hoje, Sr. Anderson Adauto, que valendo-se do poderio economico dos grupos que representa (teve campanha financiada, entre outros por usineiros e empreiteiros) acabou reeleito prefeito de Uberaba.

Este fatos, entretanto, tem um fator positivo: faz a população, principalmente os setores que votaram em Adauto, a fazer experiência com este senhor, a ver a verdadeira face deste político, umbilicalmente ligados aos usineiros.

Por fim, já que falo dos servidores municipais, que da acessoria jurídica de seu sindicato (SSPMU) me desliguei faz pouco tempo, em face da mudança de eleição sindical recentemente ocorrida, quero deixar para nova direção desta entidade omesmo conselho que dei, mas não fui  ouvido, para a gestão passada (Mariano): Somente extremamente organizada, com trabalho e mobilização de base, a categoria dos servidores poderá ter alguma conquista verdadeira sob o governo Adauto. 

Sindicalismo de gabinete ou de apenas declarações jornalístivas, se antes já não valia de nada, agora, com cenário de crise economica internacional, é algo totalmente nocivo às necessidades dos trabalhadores. 

O que é preciso é mobilizar os trabalhadores, quase 9 mil servidores, para lutarem por seus direitos, caso o contrário, a categoria dos servidores municipais armagará mais quatro anos de derrotas e ataques aos seus direitos.

Sobre a situação das creches vejam as matérias jornalísticas abaixo:



Adriano Espíndola, advogado, militante do PSTU e ativista do movimento social.
 
 
 

2 comentários:

AF STURT disse...

alguem me explica uma so coisa...quem elegeu um corrupto para ser prefeito da sua cidade?
assim não da,errar é humano,mas persistir no erro é "burrice"...

Carlos Perez disse...

É isso aí Adriano. Mais uma tragédia pra colecionarmos desse Sr. O fascismo e a ditadura se disfarçam na democracia que nunca existiu.

Ultimas postagens